Programação - Torneios Leiteiros



TORNEIO LEITEIRO DE GADO GIR LEITEIRO

O 10º Torneio Leiteiro de Gado Gir Leiteiro de Franca (SP) - Edição Severino Tostes Meirelles" será realizado pela Comissão Organizadora da 48ª EXPOAGRO e pela ABCGIL - Associação Brasileira dos Criadores de Gado Gir Leiteiro. É considerado um dos mais importantes torneios da raça em todo o Brasil, principalmente pelo Recorde Mundial conquistado em 2015 pela vaca "Bandeira" (Jaguar TE do Gavião x Azaleia), da criadora francana Maria Tereza Lemos Costa Calil (Tóla).


PROGRAMAÇÃO:-

- Entrada dos Animais = 15 a 20 de maio

- Início da Fiscalização = 21 de maio (domingo), às 14 horas.

- Início do Torneio = 22 de maio, às 14 horas.

- Término do Torneio = 25 de maio, às 14 horas.


INFORMAÇÕES:-

- Tel./Fax. (34) 3331-8400, com Fausto (fausto@girleiteiro.org.br)

- Tel. (16) 3724-7080, com Paulo Ferreira (pauloferreira@franca.sp.gov.br)


INSCRIÇÕES:-

- As inscrições estão abertas para o Julgamento de Pista e Concurso Leiteiro à partir do dia 10/04 e termino no dia 20/05. Limitando-se o número máximo de 12 animais para pista e 3 animais para o Concurso Leiteiro, por expositor.
- A taxa de inscrição para a exposição será de R$ 00,00 ( ISENTO ) .

PREMIAÇÃO:-

1) - A GRANDE CAMPEÃ = 4.000,00       


ATENÇÃO

- Mês de Maio é período de vacinação de Febre Aftosa. Atenção com o prazo da Nota para retirada do GTA. Além disto, cada expositor terá que trazer seu carrinho completo para ordenhar seus animais do concurso.


DADOS PARA EMISSÃO DE GT

Equestrian Center Eventos Esportivos Ltda-ME

Av. Dr. Flavio Rocha, 500 - CEP 14.405-600

Pq Exposição Fernando Costa - Franca (SP)

CNPJ: 18.157.911/0001-92  - Cod. GTA : 35162000481


 




TORNEIO LEITEIRO DE GADO GIROLANDO

O 10º Torneio Leiteiro de Gado Girolando de Franca (SP) - Edição Severino Tostes Meirelles" será realizado pela Comissão Organizadora da 48ª EXPOAGRO e pela GIROLANDO - Associação Brasileira dos Criadores de Gado Girolando.


PROGRAMAÇÃO:-

- Entrada dos Animais = 15 a 19 de maio

- Início da Fiscalização = 20 de maio (sábado), às 14 horas.

- Início do Torneio = 22 de maio, às 14 horas.

- Término do Torneio = 25 de maio, às 14 horas.


INSCRIÇÕES:-

- As inscrições para Concurso Leiteiro à partir do dia 10/04 e término no dia 18/05. Limitando-se o número máximo de 12 animais para pista e 3 animais para o Concurso Leiteiro, por expositor.
- A taxa de inscrição para a exposição será de R$ 00,00 ( ISENTO ) .

PREMIAÇÃO:-

1) - GRANDE CAMPEÃ VACA = R$ 2.000,00
2) - GRANDE CAMPEÃ NOVILHA = R$ 2.000,00


INFORMAÇÕES:-

- Tel. (16) 3724-7080, com Paulo Ferreira (pauloferreira@franca.sp.gov.br)


ATENÇÃO

- Mês de Maio é período de vacinação de Febre Aftosa. Atenção com o prazo da Nota para retirada do GTA. Além disto, cada expositor terá que trazer seu carrinho completo para ordenhar seus animais do concurso.


DADOS PARA EMISSÃO DE GT

Equestrian Center Eventos Esportivos Ltda-ME

Av. Dr. Flavio Rocha, 500 - CEP 14.405-600

Pq Exposição Fernando Costa - Franca (SP)

CNPJ: 18.157.911/0001-92  - Cod. GTA : 35162000481



 






ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS CRIADORES DE GIROLANDO


REGULAMENTO DE TORNEIOS LEITEIROS OFICIAIS DE FRANCA 2017


48ª EXPOAGRO DE FRANCA – SP


7° TORNEIO OFICIAL DA RAÇA GIROLANDO DE FRANCA

 

 

CAPITULO I

DO OBJETIVO

 

Art. 1°- Este regulamento tem por objetivo estabelecer as normas relativas à realização do 6° Torneio Leiteiro Nacional de Girolando, que têm por finalidades:

 

I- Incentivar e promover a pecuária nacional, difundindo e incrementando o consumo de leite e seus derivados.

II- Promover reunião de técnicos e criadores objetivando maior difusão de conhecimentos e aperfeiçoamento de métodos destinados ao aumento de produção e da produtividade do rebanho leiteiro.

III- Orientação pelos técnicos a respeito de manejo e alimentação, bem como novas técnicas.

IV- Demonstrar através dos animais concorrentes o grau de desenvolvimento da pecuária leiteira regional, estadual e nacional.

 

 

CAPÍTULO II

DA REALIZAÇÃO E DIREÇÃO

 

Art. 2°- O 7° Torneio Leiteiro Oficial da Girolando será promovido e dirigido pela Associação dos Produtores Rurais do Paiolzinho ou entidades e órgãos ligados a Agronegócios.

 


CAPÍTULO III

DA ÉPOCA E LOCAL

 

Art. 3°- O Torneio Leiteiro Oficial do Girolando de Franca será realizado de 22 a 25 de maio de 2017, no recinto do Parque Fernando Costa em Franca – SP, sendo parte integrante da programação oficial da 48 ° EXPOAGRO DE FRANCA .

 

§ 1º- A entrada dos animais terá início em 15/05/2017, a partir das 08:00 horas, até às 12:00 horas do dia 20/05/2017.

§ 2º- A fiscalização dos animais participantes do 7° Torneio Leiteiro Oficial do Girolando terá início a partir das 14:00 horas do dia 20/05/2017, terminando logo após o encerramento da 10ª ordenha.

 

 

CAPÍTULO IV

DAS COMISSÕES

 

Art. 4º- Haverá uma Comissão Organizadora para preparação do Torneio Leiteiro, formada por membros indicados pela Diretoria da Associação, entre técnicos, pecuaristas participantes ou não do Torneio e representantes de entidades de classe ligadas ao setor.


PARAGRAFO ÚNICO - Caberá a Comissão Organizadora:

I- Preparar o recinto do Torneio para a chegada dos animais, inclusive com a limpeza e desinfecção.

II- Fazer a recepção dos animais inscritos.

III- Ajudar na manutenção, tratamento e preparo da cama dos animais.

IV- Escolher e orientar Médicos Veterinários.

 

Art. 5°- Haverá uma Comissão Técnica para orientação e fiscalização das ordenhas, bem como organização e realização das pesagens, constituída de técnicos e pecuaristas não concorrentes.

Art. 6°- Uma hora antes de cada ordenha, deverão estar presentes os membros da Comissão Organizadora e Técnica.

Art. 7°- Um dos membros da Comissão Técnica, apontada pela Comissão Organizadora da EXPOAGRO FRANCA 2017, será o encarregado oficial das pesagens e da distribuição das tarefas de fiscalização.

 


CAPÍTULO V

DOS CONCORRENTES

 

Art. 8°- Todo produtor rural que se dedique à bovinocultura leiteira poderá participar do Torneio, desde que associado da Girolando, devendo estar em dia com suas obrigações financeiras perante a associação.

 

Art. 9°- Os participantes poderão fazer suas inscrições até as 12hs00 do dia 20/05/2017, ou até o preenchimento do número de vagas disponíveis, conforme o Art. 10º.

§1º- No ato da inscrição dos animais, os concorrentes assinarão um termo de compromisso tomando ciência e concordando com todas as normas deste regulamento.

§2º- Os latões para acondicionamento do leite antes das pesagens serão de responsabilidade do expositor participante, com capacidade mínima de 30 litros, sendo um para cada animal, não podendo ser de material transparente. Os concorrentes deverão providenciar os equipamentos de ordenha (do tipo carrelo ou carrinho), quando necessário, que serão utilizados para ordenhar os animais. Caso os concorrentes quiserem, poderão trazer seus próprios climatizadores, a comissão organização não fornecerá.

 

Art. 10°- Cada concorrente poderá inscrever até 03 (três) animais, independente da categoria e composição racial, que em hipótese alguma poderão ser substituídos após o encerramento das inscrições. As vagas serão limitadas de animais e será definido pela Comissão Organizadora, independente da categoria ou composição racial.

PARAGRAFO ÚNICO - A disposição dos animais no pavilhão (argolas) será dada pela ordem de chegada dos animais no recinto e definida pela comissão organizadora.

 

 

Art. 11- O valor da taxa de inscrição de cada animal será definida pela Comissão Organizadora ( isento ).

§1º- Os animais não participantes serão retirados do pavilhão do Torneio antes da primeira ordenha, impreterivelmente.

 


Art. 12- Para cada animal inscrito, a Comissão Organizadora, exigirá documentos de sanidade emitidos por Médico Veterinário oficial ou credenciado de acordo com as exigências em vigor do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA e do Instituto Mineiro de Agropecuária - IMA, conforme o Capítulo III, Art. 6º, do Regulamento Oficial de Julgamento

PARÁGRAFO ÚNICO - Não será permitida a entrada no recinto de animais com sinais clínicos de doenças infecto-contagiosas e/ou parasitas externos.

 


Art. 13-A aplicação de qualquer substância injetável ou via nasal, salvo ocitocina (entregue pela comissão no momento da ordenha), implicará na desclassificação do animal no torneio leiteiro.

§ 1º- A comissão organizadora fornecerá ocitocina injetável em cada ordenha, aos participantes. A ocitocina ficará de posse da comissão técnica durante todo o período do torneio leiteiro.

§ 2º- Não será permitida a utilização de ocitocina que não for fornecida pela comissão organizadora.

§ 3º- A partir das 48 (quarenta e oito) horas que antecedem a primeira ordenha não será permitida a utilização de substâncias injetáveis ou via nasal, salvo ocitocina, dando início à fiscalização do torneio leiteiro.

§ 4º- Todos os animais participantes deverão dar entrada no recinto do torneio leiteiro até as 48 (quarenta e oito) horas que antecedem o início da primeira ordenha(dia 20 até as 12:00 hrs).

PARÁGRAFO ÚNICO - Em caso de atendimento médico veterinário, toda receita dos Médicos Veterinários indicados pela Comissão Técnica, será colocado o "DE ACORDO" do proprietário ou responsável pelo animal para qualquer aplicação de medicamento.

 

Art. 14- Não será permitida a retirada dos animais do pavilhão antes do término da ordenha de todos os animais participantes, bem como a saída dos mesmos da área demarcada fora do pavilhão. Caso seja necessária a saída dos animais da área demarcada, o animal deverá estar acompanhado de um fiscal até o seu retorno, com autorização prévia da comissão técnica.

PARÁGRAFO ÚNICO - Havendo infração deste Artigo, o animal será penalizado em 10% (dez por cento) do total de leite produzido durante as 09 (nove) ordenhas válidas..

 


Art. 15- Todos os animais deverão ser ordenhados, obrigatoriamente, através de ordenha mecânica, o teste dos equipamentos será obrigatório no mínimo 01 (uma) hora antes de cada ordenha, informando a comissão técnica caso ocorra algum imprevisto. A comissão organizadora não se responsabiliza por nenhum imprevisto decorrente da falha e/ou falta de manutenção dos equipamentos pertencentes aos concorrentes, dando prosseguimento ao evento.

 


Art. 16- Toda a receita proveniente da produção de leite dos animais inscritos e participantes será destinada a Associação dos Produtores Rurais do Paiolzinho , não havendo qualquer tipo de remuneração ao expositor/proprietário dos animais.

 

 

CAPITULO VI

DAS CATEGORIAS

 

Art. 17- Os animais inscritos serão classificados de acordo com as categorias descritas abaixo:

I - Categoria Vaca: 1/4 Hol + 3/4 Gir, 1/2 Hol + 1/2 Gir, 3/4 Hol + 1/4 Gir e 5/8 Hol + 3/8 Gir ou Puro Sintético da raça Girolando (PS).

II - Categoria Novilha: 1/4 Hol + 3/4 Gir, 1/2 Hol + 1/2 Gir, 3/4 Hol + 1/4 Gir e 5/8 Hol + 3/8 Gir ou Puro Sintético da raça Girolando (PS).

 


Art. 18- Somente participarão do Torneio Leiteiro animais que possuam genealogia conhecida, ou seja, livro fechado, comprovada através do certificado de Controle de Genealogia Definitivo ou Registro Genealógico Definitivo, expedido pela Girolando.

§ 1º- Apenas no primeiro ano de oficialização do torneio leiteiro, a critério da comissão organizadora do evento, poderão ser inscritos animais com genealogia desconhecida (GD), ou seja, livro aberto. Nos anos seguintes, somente poderão ser inscritos animais com genealogia conhecida (GC), ou seja, livro fechado.

 

§ 2º- Para efeito de contagem de pontos no Ranking Girolando de Produção, que se iniciará a partir do Ranking 2014/2015, somente serão computados os pontos de animais com genealogia conhecida (GC), ou seja, livro fechado.

 

§ 3º- Todo animal participante deverá estar inscrito no Serviço de Registro Genealógico da Raça Girolando (SRGRG), portador do Registro Genealógico Definitivo ou Controle de Genealogia Definitivo.

 

PARÁGRAFO ÚNICO - Independente da idade do animal declarada no certificado, será adotado o exame de dentição, pela Comissão Técnica, para o enquadramento dos animais dentro das respectivas categorias:

 

I - Categoria Novilha: animais que possuem até 2ª muda.

II - Categoria Vaca: animais que possuem mais de 04 (quatro) dentes definitivos ou 3ª muda incompleta (ausência total ou parcial dos dentes caducos, dos médios ou cantos).

 

 

Art. 19- Os animais serão submetidos a uma inspeção realizada por uma comissão de no mínimo três técnicos, sendo no mínimo um destes, técnico do Serviço de Registro Genealógico da Raça Girolando (SRGRG), no recinto onde será realizado o Torneio Leiteiro, após o término da entrada dos animais, cujo veredicto é soberano e inapelável, devendo ser observado, com o máximo rigor a caracterização racial e identificação dos animais, conforme o regulamento do SRGRG.

PARÁGRAFO ÚNICO - Esta Comissão emitirá um laudo de inspeção contendo a identificação completa dos animais, criador e expositor, que ficará à disposição dos participantes e da Comissão Organizadora.

 


Art. 20- A Comissão Organizadora da 48ª Expoagro de Franca  não se responsabilizará pelos imprevistos decorrentes do impedimento da participação dos animais, acatando a decisão da Comissão Técnica.

 

 

CAPITULO VII

DAS ORDENHAS

 

Art. 21- Serão realizadas 10 (dez) ordenhas durante o Torneio Leiteiro, entre às 14:00 horas do dia 22/05/2017 até às 14:00 horas do dia 25/05/2017. A ordenha de maior produção será desconsiderada, para efeito de esgota do leite. As 09 (nove) ordenhas restantes totalizarão as produções diárias, sendo estas consideradas como as ordenhas válidas para o Torneio Leiteiro.

 


Art. 22- As ordenhas serão realizadas por equipamentos mecânicos, devendo ser realizadas 03 (três) ordenhas no período de vinte e quatro horas, perfazendo um total de 09 (nove) ordenhas válidas num período de 72 (setenta e duas) horas.

 

§1º - Os horários das ordenhas serão: às 14:00 horas, às 22:00 horas e às 06:00 horas, entre os dias 22/05/2017 a 25/05/2017, conforme programação oficial da EXPOAGRO FRANCA 2017.

§2º- Toda e qualquer metodologia realizada na primeira ordenha será obrigatoriamente mantida nas ordenhas seguintes, conforme indicado no Termo de Compromisso.

§ 3º- A partir do início da fiscalização do torneio leiteiro até o início da 1ª ordenha válida todos os animais concorrentes também deverão ser totalmente ordenhados nos horários habituais de ordenha, citados no parágrafo anterior, não sendo permitido realizar ordenhas fora dos horários estabelecidos, sendo passível de desclassificação o animal que não for submetido aos procedimentos determinados neste regulamento.

 


Art. 23- A fiscalização dos animais participantes do 7º Torneio Leiteiro Oficial de Girolando terá início a partir das 14:00 horas do dia 22/05/2017, terminando logo após o encerramento da 10ª ordenha.

 


Art. 24- Cada concorrente poderá usar 01 (um) ou 02 (dois) ordenhadores para o mesmo animal, ao mesmo tempo, que somente poderão ser substituídos depois de completada a ordenha.

PARÁGRAFO ÚNICO - Será exigido, no mínimo, um ordenhador para cada 03 (três) animais participantes por expositor concorrente.

 


Art. 25- Todas as 10 (dez) ordenhas terão a duração máxima de 15 (quinze) minutos obedecendo, a partir da primeira ordenha, a ordem dos animais a serem ordenhados de cada participante e horários estabelecidos neste regulamento.

PARÁGRAFO ÚNICO - A critério da Comissão Organizadora a duração de cada ordenha poderá se estender por mais 05 (cinco) minutos, desde que antecipadamente informado aos participantes.

 


Art. 26- Durante o processamento das ordenhas só poderão ter ingresso ao recinto, os ordenhadores, expositores e componentes da Comissão Organizadora, observando-se total silêncio e a menor movimentação possível.



Art. 27- O procedimento de ordenha do animal com cria ao pé ou não, na primeira ordenha, obrigatoriamente será repetido nas demais ordenhas bem como a utilização ou não de ocitocina injetável (fornecida pela comissão organizadora) desde o inicio da fiscalização.

 

 

CAPITULO VIII

DA PESAGEM DO LEITE

 

Art. 28- As pesagens serão efetuadas após cada ordenha na presença dos concorrentes, dos membros da Comissão Organizadora, em ambiente que facilite o acesso pelo público. As pesagens serão iniciadas após o término da ordenha de todos os animais participantes.

 


Art. 29- O transporte do leite até a balança, bem como a transferência do leite para o balde oficial, colocação do mesmo na balança será feito obrigatoriamente pelo concorrente ou pessoa credenciada por este.

 


Art. 30- Somente será pesado o leite que se enquadrar nas condições normais de higiene.

 


Art. 31- Não será permitido o uso de balanças, métodos visuais ou de estimativas para se mensurar o leite, bem como qualquer outro método que não seja a balança Oficial do Torneio Leiteiro.

 


Art. 32- As pesagens serão anotadas, o mais exato possível, em fichas apropriadas, com cópias que serão fornecidas aos proprietários ou responsáveis pelos animais concorrentes.

 


Art. 33- Os pormenores, como os sinais de início e término das ordenhas, os locais de coleta de leite, local e posição dos baldes e latões antes do início das ordenhas e as pesagens, serão a cargo de um dos membros da Comissão Técnica, e informada a todos os participantes, antes do início do Torneio Leiteiro.

 


Art. 34- A critério da comissão organizadora, em cada ordenha, após a pesagem oficial, será feita uma coleta de amostra do leite mensurado, de cada animal (individualmente), que será utilizada para a análise da composição do leite ou quaisquer outras análises e avaliações que se fizerem necessárias.

                                             

 

CAPÍTULO IX

DA CLASSIFICAÇÃO, TÍTULOS E PRÊMIOS

 

Art. 35- Para efeito de classificação e distribuição de prêmios, será obedecido o resultado final do Torneio Leiteiro, apurado através de:

I - Produção total de leite de 09 (nove) ordenhas válidas.

II - Produção média diária de leite em Kg.

 


Art. 36- Serão atribuídos títulos aos animais com melhor classificação no Torneio Leiteiro, dentro de cada composição racial e dentro do geral de animais participantes.

 

 

Art. 37- O procedimento de premiação será da seguinte forma:  

 

 PREMIAÇÃO

GIROLANDO 2017

 

 

Prêmio

VACA  GERAL *

Campeã GERAL

R$ 2.000,00  

NOVILHA  GERAL **

Campeã GERAL

R$ 2.000,00

*Campeã Vaca Girolando (1º lugar Geral ) independente do grau de sangue

**Campeã Novilha Girolando (1º lugar Geral ) independente do grau de sangue.

 

1º- Será atribuído o título de GRANDE CAMPEÃ DO TORNEIO LEITEIRO NACIONAL DE GIROLANDO para o animal que produzir o maior volume de leite durante as 09 (nove) ordenhas válidas, dentre todos os animais participantes que foram premiados em suas respectivas categorias.

§ 2º- Não será permitido realizar o banho de leite natural comemorativo após a divulgação dos resultados do Torneio Leiteiro. Esta prática poderá ser substituída por outro tipo de comemoração (Ex: chuva de papel picado ou de isopor).

 


Art. 38- A premiação oferecida no torneio leiteiro, bem como sua distribuição entre os animais e expositores concorrentes ficará a cargo da Comissão Organizadora.

 

 

 

CAPÍTULO X

DA OFICIALIZAÇÃO

 

Art. 39- Para a oficialização de um torneio leiteiro, a Comissão Organizadora deverá encaminhar um pedido formal à Girolando com antecedência mínima de 30 (trinta) dias antes do início do evento.

PARÁGRAFO ÚNICO - Após a aprovação da oficialização do torneio leiteiro a Comissão Organizadora deverá enviar ao Departamento de Provas Zootécnicas da Girolando a programação das ordenhas, bem como informar o local e data do evento.

 


Art. 40- Todas as despesas decorrentes do torneio leiteiro são de responsabilidade da Comissão Organizadora do evento.

 


Art. 41- Somente serão oficializados os torneios leiteiros que atenderem às normas deste regulamento.

 


Art. 42- Para que a produção de leite de um animal, participante de torneio leiteiro, seja oficializada pela Girolando, será considerado somente os resultados obtidos em torneios leiteiros oficiais, de animais portadores de Controle de Genealogia Definitivo ou Registro Genealógico Definitivo.

 


Art. 43 - A Comissão Organizadora deverá encaminhar ao Departamento de Provas Zootécnicas da Girolando, no prazo máximo de 15 (quinze) dias a após o término do torneio leiteiro, uma cópia do regulamento do evento, o resultado final com todas as pesagens de leite das 10 (dez) ordenhas realizadas e um relatório geral do evento, com a assinatura de no mínimo 03 (três) membros da Comissão Técnica.

 

 

CAPÍTULO XI

DAS PENALIDADES

 

Art. 44- Qualquer tentativa ou constatação de fraude ou adulteração do leite produzido, bem como observação de qualquer tipo de irregularidade que venha a beneficiar ou prejudicar algum animal participante, praticado pelo expositor e/ou pessoa ligada a ele, implicará na imediata desclassificação do(s) animal (ais) e do respectivo expositor no torneio leiteiro e a retirada imediata do(s) animal (ais) do recinto, sem prejuízo a outras penalidades.

 

Art. 45- Fica sujeito à sua imediata desclassificação e retirada de seu(s) animal (ais) no torneio leiteiro o expositor e/ou pessoa ligada a ele que agir de má fé, a juízo da Comissão Organizadora, causando danos a equipamentos e prejudicando o desempenho dos animais dos demais expositores, bem como agredir, verbalmente ou fisicamente, qualquer um dos participantes ou membros da Comissão Organizadora.

 

Art. 46- Qualquer tipo de denúncia deverá ser apresentada formalmente, por escrito, e entregue à Comissão Organizadora para apuração.

 

Art. 47- Em caso de reincidência, além das penalidades previstas neste regulamento, o expositor e/ou pessoa ligada a ele fica sujeito a outras penalidades a serem aplicadas pela Comissão de Ética da Girolando.

 

 

CAPÍTULO XII

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

 

Art. 48- Todos os concorrentes e pessoas presentes no recinto do torneio leiteiro, ficam sujeitas a este regulamento, qualquer que seja sua qualidade ou função, sendo que, qualquer transgressão às suas determinações sujeita o infrator às penalidades aqui determinadas.

PARÁGRAFO ÚNICO - Ficam os expositores responsáveis pelos atos e ações de seus funcionários, estagiários, familiares ou pessoas contratadas por ele, durante todo o período do evento.

 

Art. 49- A critério da Comissão Organizadora poderão ser utilizados recursos eletrônicos ou qualquer outro tipo de recurso para auxiliar na fiscalização do torneio leiteiro.

 

Art. 50- Fica expressamente proibido qualquer tipo de adaptação deste regulamento, salvo os casos previstos.

 

Art. 51 - O Torneio Leiteiro Nacional de Girolando e demais torneios organizados pela Associação Brasileira dos Criadores de Girolando terão regulamento específico, podendo participar apenas animais que possuem genealogia conhecida (GC), ou seja, livro fechado.

 

Art. 52- Os casos omissos neste regulamento serão analisados pela Comissão Organizadora do torneio leiteiro, ouvido o Departamento de Provas Zootécnicas ou a Superintendência Técnica da Girolando.

 

Art. 53- Este regulamento foi aprovado com base nas determinações do Conselho Técnico da GIROLANDO e entra em vigor a partir de junho de 2014.

 

 

 

Franca, 19 de maio de 2017

 

 

COMISSÃO ORGANIZADORA:

Célio Augusto Pereira Rodrigues

João Roberto Menezes Jacinto

Paulo Roberto Ferreira Pinto

Glayk Humberto Vilela Barbosa

Vânia Mirele Ferreira Carrijo

 






 




Voltar